História das Máscaras Venezianas

19 Junho 2012, terça-feira . Jorge Almeida

  

As Máscaras Venezianas são a grande atração do Carnaval de Veneza. 

A origem do carnaval de Veneza remonta ao ano de 1162 quando a República Della Serenissima vence a guerra contra o patriarca de Aquileia, Ulrico, que tinha invadido esta cidade.

Com esta derrota infligida, Ulrico teve de pagar à cidade um touro e doze porcos. A partir deste momento, esta tradição manteve-se a passou a fazer parte da Sexta Feira gorda onde o mesmo número de animais era morto na Praça de São Marcos e onde se passaram a realizar  banquetes por toda a cidade com música, magia, acrobacias e outras formas de expressão artística.

 

 

 

 O desfile das máscaras em Veneza

 

A Commedia dell' Arte surge na segunda metade do século XVI. Era um teatro cómico e tinha como objectivo opor-se ao teatro chamado clássico, considerado mais formal. A comedia Dell art imortalizou figuras tão conhecidas como o Harlequin, Columbina, Zanni Unno, o corcunda narigudo Pulcinella e ainda Pierrôt.

Harlequin é a personagem mais popular deste género de teatro. É uma personagem pouco inteligente e trapalhão, mas astuto e sedutor. A sua forma de andar assemelha-se a uma dança.

Columbina é uma criada, mulher de Pierrôt, que o trai com Harlequin. As suas vestimentas são simples dada a sua condição social.

Pulcinella é um escravo, corcunda, narigudo e com uma barriga proeminente. O seu espírito era ora astuto, ora cobarde.  Eterno enamorado de Columbina, a filha do seu patrão. O seu espírito de Nápoles dá-lhe imensa vivacidade.

Pantalone é um mercador rico. A sua função é a representação de um imenso ego aliado ao dinheiro que dá poder e estatuto. Apesar da sua idade já avançada faz sempre tentativas para seduzir as mulheres sendo sempre rejeitado.

Pierrôt é uma personagem triste, mas de confiança. A sua mulher Columbina abandona-o frequentemente para se lançar nos braços de Harlequin.  Esta personagem actuava sempre sem máscara, com a cara pintada de branco, vestia também uma blusa branca larga com grandes botões, as calças também eram brancas.

 

 

 

 

Algumas das personagens da Commedia Dell' Arte: Harlequin, Pantalone, Colombina, Pulcinella e Pierrot

 

O Carnaval de Veneza, que corresponde ao nosso imaginário tem origem no século XVII, onde a nobreza saía à rua mascarada e se misturava com a plebe. Nestes tempos, o carnaval começava de forma oficial com o chamado Liston Delle Machere, que significa caminho das máscaras, onde os habitantes vestidos a rigor de forma elegante ostentavam as suas ricas vestes e jóias.

As máscaras de Veneza são das mais variadas formas e estilos. No século XVII os habitantes de Veneza usavam a bautta, o chapéu de 3 pontas ou tricórnio, e uma capa.

A bautta de cor branca é a máscara considerada tradicional do Carnaval de Veneza. Permitia comer e beber sem haver necessidade de a retirar, podendo também ser usada durante todo o ano, para proteger a identidade da pessoa nos encontros românticos.

A tradicional Bautta

A máscara Mataccino é das mais célebres e era usada pelos jovens atiradores de ovos perfumados com água de rosas. Estes ovos eram atirados às casas das damas eleitas. Estes personagens tormaram-se os mais famosos deste carnaval. Mais tarde, tornou-se moda e até os mercadores vendiam estes ovos.

Uma das grandes atrações do Carnaval de Veneza ao longo da histório foi o conhecido "Vôo da Columbina". Era a representação de um escravo que descia por uma corda presa ao campanário da igreja de São Marcos até ao centro da praça. Mais tarde alterou-se e o escravo foi substituido por um acrobata, e finalmente por uma pomba de madeira que lançava flores sobre quem passava. Pomba em italiano significa colomba.

 

 

O luxo das máscaras de Veneza

 

Em 1797 Veneza cai às mãos de Napoleão e os festejos são proíbidos só sendo retomados em 1979.

Desde esse ano, a festa faz-se antes da Quaresma e as festividades prolongam-se por dez dias. O ponto alto é o fogo-de-artifício de Terça Feira à noite.

Na nossa loja de disfarces pode encontrar várias sugestões para tornar a sua festa de Carnaval um sucesso.  Escolha a máscara que melhor se adequa a si e à sua festa. Opte entre uma máscara mais simples ou pela famosa máscara de pega, tão utilizada pelas senhoras nos bailes das grandes cortes europeias na época Barroca.

 

Clique aqui para mais sugestões de máscaras Venezianas!

 

 

Regressar aos posts »