Festas de Santo António - Breve história

31 Maio 2012, quinta-feira . Jorge Almeida

Em Portugal, Santo António é muito venerado na cidade de Lisboa e festejado no dia, 13 de Junho, que é o  feriado municipal

No dia 13 de Junho a cidade organiza as marchas populares, um grande desfile alegórico que desce a Avenida da Liberdade, no qual competem os diferentes bairros de Lisboa. O desfile é encerrado sempre com um grande fogo de artifício.

Segundo a tradição, os rapazes no santo António devem comprar um manjerico, para oferecer à namorada. Os mangericos são vendidos na rua em pequenos vasos, com bandeirinhas que trazem uma quadra popular, por vezes brejeira ou jocosa. 

O Santo António é um Santo Casamenteiro, por isso a Câmara Municipal de Lisboa costuma organizar, na Sé Patriarcal de Lisboa, o casamento de jovens noivos, todos os anos no dia 13 de Junho. São conhecidos como os  Noivos de Santo António.

Mas a verdadeira festa de Santo António começa logo na noite do dia 12 de Junho, com muita música popular e comes e bebes até de madrugada.

As decorações de rua e o ambiente Festivo das Festas de Santo António, em Lisboa são contagiantes e são também das mais ricas celebrações anuais, do calendário português. 

Quem percorre as ruas da capital, no dia 13 de Junho percebe que Lisboa é a Rainha das Festas Antoninas!

Esta é a altura ideal para visitar Lisboa e desfrutar deste ambiente popular de festa e diversão. A festa dura toda a noite e, um pouco por toda a cidade, há arraiais populares e locais de animação engalanados onde se comem sardinhas assadas na brasa, febras de porco, caldo verde e se bebe vinho tinto e cerveja.

Nas vielas mais antigas e nos bairros mais tradicionais organizam-se bailaricos e cantorias pela noite fora e improvisam-se espaços festivos, com recurso a bandeirolas e outras decorações festivas coloridas que assinalam os locais de convívio. Sobretudo no antigo e muito típico Bairro de Alfama.

Os Alfacinhas orgulhosos da sua cidade, não podem deixar de participar nas Festas de Santo António.

A decoração do Santo António é feita com utensílios bastante simples, trazendo para o exterior elementos que costumamos usar no dia-a-dia, como parte da decoração de outras festividades.  É o caso das bandeirolas e grinaldas, dos balões de papel coloridos e das toalhas de chita coloridas, entre outros. Tudo materiais baratos e que podem ser reciclados de ano para ano. 

Para preparar os festejos de Santo António junte alguns vizinhos e vai ver que as soluções são mais que muitas. Havendo imaginação tudo se pode fazer de forma muito simples e muito barata. 

Muitos materiais típicos das decorações de Santo António, serão encontradas facilmente em mercados populares e feiras de bairro e até na nossa loja , na galeria de artigos para festas temáticas. Outros até nem é preciso comprar, pois existem já na nossa casa. 

Regressar aos posts »